Patrimônio Despedaçado de São Paulo

Janeiro 18 2009

 

Vista em direção à Dr. Carvalho de Mendonça

Mais ou menos no meio do quarteirão está uma construção tipicamente industrial. Sua fachada está bem prejudicada com várias alterações e partes chamuscadas pelas fogueiras dos moradores de rua da região. Seu nome não aparece em nenhuma referência em sites de busca. Carece de uma pesquisa local mais aprofundada. Nem tudo se resolve pela internet.

 

Mais à frente, na esquina com a Antônio Prado, encontra-se uma casa com jardim e árvores frutíferas. Em péssimo estado, sem nenhuma conservação à muito tempo, está bem deteriorada. Atualmente é pensão onde moram alguma dezenas de pessoas e está à venda há meis de 10 anos. É um exemplo de como eram a maioria das casas na ruas do bairro nas primeiras décadas do século XX.

publicado por enniobrauns às 23:03

Janeiro 18 2009

Por ocasião do tombamento do Teatro São Pedro, situado à rua Barra Funda, 171, vários imóveis ao seu redor foram incluídos na Resolução de tombamento, para garantir a integridade do entorno. A resolução foi assinada em dezembro de 2006, pelo presidente do COMPRESP, orgão responsável pelos tombamentos no nível municipal. 
Praticamente em todos os quarteirões contidos entre a av. São João, al. Barão de Limeira, al. Nothman e rua Lopes de Oliveira, existem imóveis com características que indicam a necessidade de preservação. Entre eles estão alguns sobrados localizados na rua Adolfo Gordo. No quarteirão entre a rua Dr. Carvalho de Mendonça e a alameda Eduardo Prado está boa parte deles. Na esquina com a Dr. Carvalho de Mendonça está um belo exemplo de "ecletismo" do bairro. Ocuparia com opulência todo a ãngulo, não fosse pelas grotescas alterações  em janelas e paredes dos dois lados. É um prédio de dois andares residenciais e térreo misto com comércio de alimentos e moradia. Seguindo em direção à Eduardo Prado encontram-se alguns sobrados de variados tamanhos e destinações. Todos tem alguma alteração em sua arquitetura original, sem porém perder as características que comprovam a necessidade de recuperar e preservar. Seus porões transformados em bares, oficinas e outros comércios precários, suas moradias em forma de habitações coletivas de alta insalubridade, configuram a necessidade do poder público executar as políticas sociais e urbanas que a cidade vem  clamando há décadas.

publicado por enniobrauns às 21:31

Janeiro 18 2009

Um prédio grande, situado na atual r. D. Pedro II, próximo à Baixada do Glicério, estendendo-se até as margens do Tamanduateí, atual Av. do Estado. Sem nenhuma conservação há várias décadas. Sabe-se de sua origem que foi construido no século XIX, para ser sede de uma chácara e, segundo história não confirmada, teria sido presenteado à Marquesa de Santos pelo Imperador Pedro I. No local o Imperador, em suas viagens, teria por hábito parar para um descanso e os encontros amorosos com Domitila.
Em 1860 foi ocupado pelo Seminário das Educandas e alguns anos depois pelo Hospício dos Alienados, onde faleceu o poeta Paulo Eiró, em 1871, aos 36 anos de idade.
Em 1930, o lugar passou às mãos da antiga Força Pública. Com o golpe militar em 1964 foi tomado pelo Exército Brasileiro, primeiro como sede da 7ª Cia. de Guarda e depois do 2° Batalhão de Guarda (2º BG),
Hoje, é identificado apenas como Quartel do 2° Batalhão de Guardas do Exército Brasileiro, função que desempenhou, reunindo cerca de 900 homens, até abril de 1992, quando foi desativado. Sua guarda e responsabilidade foi então passada ao 3º Batalhão da Polícia de Choque do Estado de São Paulo.

Em 1978 teve entre seus soldados o atleta -3°sargento João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, recorde de salto-triplo no Panamericano de Porto Rico.
O imóvel foi tombado pelo Condephaat, em 1981. Há muito tempo, porém, permanece sob a ação implacável do tempo. Diariamente partes do prédio caem e a ferrugem destrói as grades torneadas dos arcos das janelas, portões, porões e solitárias. O assoalho da capela, identificada pela pequena cúpula, está afundando, assim como o corredor e todos as salas e salões do 2° andar.
O gerente de loja Héveles Martinez, soldado do batalhão na década de 70, não esconde seus sentimentos, declarando em seu site pessoal: - “É uma tristeza ver o 2º BG tão deteriorado. Tenho muitas lembranças daqui. Esse prédio faz parte da minha história, da história de muitos outros companheiros de farda e principalmente da história da cidade de São Paulo, que não pode ser apagada” 

publicado por enniobrauns às 15:55

Janeiro 18 2009

 

São apenas algumas as residências em estilo grandiloquente a pontilhar os bairros Campos Eliseos e Barra Funda. Palacetes e mansões "estilosas" davam sua graça à ruas estreitas e sinuosas. Um desses, ainda a persistir, apesar dos constantes percalços, é o Castelinho da Rua Apa, situado na esquina com a Av. São João. Como foi outrora palco de crime misterioso que abalou as familias tradicionais paulistanas, transformou-se de pequeno e simpático castelo em assombrado.
De dimensões modestas que constrastam com a imponência de sua aparência externa, o imóvel de dois andares mais porões e torre está praticamente oco, com a queda de suas paredes e pisos internos. O imóvel, na década de '80 foi cedido à Associação das Mães do Brasil, para ser usada como sede da entidade. A precarização de suas estruturas, no entanto, as obrigou a construir um prédio no terreno ao lado para transferir-se com a creche que administram. O prédio foi usado, por um tempo,  para apresentações teatrais de um grupo independente e

atualmente serve de abrigo aos equipamentos de garis que varrem as ruas do entorno. Nas fotos ao lado temos uma visão aérea, de cima do Minhocão e uma vista do castelo com um grafilitti em um dos pilotis do viaduto.

publicado por enniobrauns às 03:28

Patrimônio Despedaçado é um projeto documental e historiográfico do que resta do patrimônio mal conservado, de São Paulo. Concebido, pesquisado e fotografado por Ennio Brauns.
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

24

25
26
28
29
30
31


pesquisar
 
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO